AddThis Social Bookmark Button
Dom, 19 de Junho de 2016 23:08
É por amor ou por obrigação?

AmorPorque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (João 3:16)

Foi por amor... Foi por amor que Deus entregou o seu único filho para nos salvar. Ele não pensou- Eu sou Deus, então tenho a obrigação de salvar este povo. Ele pensou: - Eu amo tanto este povo, que vou dar o que tenho de melhor para que eles possam ser salvos.

Mas e eu? Tenho feito as coisas por amor? Tenho ajudado ao próximo por amor? Tenho telefonado para os meus pais por amor? Tenho cuidado do meu marido por amor?

Os dias vão passando e nós: temos a obrigação de acordar as 07h da manhã porque temos que estar no trabalho às 08:30h. Colocamos o celular para despertar porque temos que tomar um remédio ou lembrar de algo que temos para comprar, e quando vemos às 21:30h, hora de ligar para a mamãe e para o papai. Ah! Mas eu tenho tanta coisa para fazer, mas é a minha obrigação ligar para eles. Aos poucos as pessoas acabam não passando de um dia em nossa agenda lotada, ou um horário em nosso despertador. E o amor?

Quando a obrigação vem separada do amor, ela causa incomodo, dor, e falta de vontade de fazer as coisas. Quando ligar para os meus pais, não passa de uma obrigação, a conversa não tem amor, não tem interesse, e às vezes eu nem sei direito o que estou conversando, porque estou somente cumprindo uma obrigação.
Mas quando as pessoas passam a ser prioridade naquele horário ou dia da minha agenda, eu vou ter o maior empenho e amor para fazer algo por elas. E nada que eu tiver que fazer por alguém parecerá doloroso.

O amor apaga todas as transgressões. Mas hoje em dia se tornou tão difícil. -Eu lavo as roupas na minha casa porque tenho que lavar, não tem outro jeito! -Faço comida para não passar fome. Fazemos “tudo” porque é o jeito, porque não tem outra solução, porque é a nossa obrigação. A obrigação não precisa vim separada do amor. O marido tem obrigação de cuidar da esposa, mas se ele pensar somente assim, será que vai dar certo? Ele pensará que colocar comida dentro de casa será o suficiente para fazê-la feliz, mas as mulheres sabem que não é assim. E elas querem muitas vezes apenas serem lembradas: com um bombom, uma flor, uma mensagem. Elas querem um toque de amor na obrigação.

Os maridos não querem somente que você se acabe de fazer a comida e lavar as roupas, eles também querem atenção, e às vezes o nosso carinho no silêncio é uma excelente forma de amor.

Não deixe que a obrigação de fazer isto ou aquilo, esfrie o teu amor pelas pessoas. Elas não querem ser uma obrigação na tua agenda, elas querem transformar a tua agenda em uma doação de amor.

Eu não quero fazer mais nada somente porque tenho que fazer, eu quero que as pessoas sejam prioridade em minha vida, eu quero amá-las. Amar a todas as pessoas sem distinção. Todos merecem amor. Jesus amou todas as pessoas, e ele ama até hoje!

Pense no que você estava fazendo até hoje somente por obrigação. Buscar o seu filho na escola, fazer comida ou compras, visitar os seus avós, ajudar alguém que precisa, visitar um amigo. Pense na grande benção que é ter estas pessoas em tua vida e poder fazer algo por elas e comece a amá-las e valorizá-las de verdade!

Faça tudo por amor!

 

Autora: Manuela Evelyn (Equipe Romance em Deus)

Twitter: @manuevelyn

Facebook: Manuela Evelyn

Email: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Vídeo em Destaque