AddThis Social Bookmark Button
Qua, 10 de Agosto de 2011 21:00
DR - Discutir a Relação (Parte Final)

Relação Agora que já conversamos um pouco sobre os conflitos de um lar, e quem é casado sabe muito bem quais são os conflitos e como são. Depois de exaltar tanto os defeitos do conjugue, cada um deve aprender a exaltar as qualidades do outro. É muito fácil apontar os defeitos de cada um, mais é complicado quando tocamos na área de qualidades, não porque a outra pessoa não possua qualidades, mas porque com o passar do tempo, o relacionamento fica tão desgastado, tão “sem graça” que os defeitos aparecem mais que as qualidades. E como é difícil para um marido depois de tanto tempo de casado e com tantas brigas, conseguir enxergar na esposa a mesma mulher com quem se casou há alguns anos atrás, por esta razão que muitos casais se divorciam ou até mesmo não casam.

Algumas pessoas utilizam frases inspiradas por satanás de que “se casar, separa” ou “depois que casar piora”.santanás usa das artimanhas e afeta os pontos que ele já conhece, e usa muitas vezes a boca da esposa para atingir diretamente o coração e a integridade do marido, pois a esposa sabe como exaltar, mas também sabe como ferir e humilhar o seu conjugue.

São poucos os homens que gostam de ficar discutindo ou quebrando a cabeça com problemas, eles tem formas bastante objetivas de resolver as coisas. As esposas precisam ter sabedoria, pois uma das responsabilidades delas é incentivar o marido, eles precisam de uma parceira de uma ajudadora, e não de alguém que os acusem a todo tempo, não sejam mulheres imprudentes.
Já imaginaram mulheres, como deve doer ouvir do seu marido o seguinte versículo? "É melhor morar numa terra deserta do que com a mulher rixosa e irritadiça" (Provérbios 21:19). Pois é, agora vamos aprender a exaltar as qualidades um do outro? Quer dizer, vamos relembrar as qualidades do outro, aquelas que fizeram você amar tanto esta pessoa, que prometeu ficar com ela por toda a vida!
No início tudo era flores, e porque agora não é?
Você se importou muito em ser feliz, em satisfazer os seus desejos que se esqueceu de regar as flores (conjugue) para que elas não murchassem. Depois de um tempo, as flores murcharam e não exalava mais algum perfume, então você começou a atirar pedras nas flores, dizendo: -como elas estavam feias e que não serviam mais para nada. Ah! Como elas eram bonitas antes, como eu gostava de colocá-las em um lindo vaso no centro da mesa da sala para que todos vissem que elas eram minhas!!!
-Por que não continua exalando o mesmo perfume? Por que quando as flores murcham, elas não exalam mais aquela bela fragrância que muda até o seu dia depois de sentir o seu perfume?
Acho que você esqueceu uma regrinha básica de sobrevivência das plantas, elas precisam ser regadas, precisam também estar bem ventiladas e de forma que tenha contato com a luz, não podem de forma alguma estar SUFOCADAS. Elas precisam ter contato com a natureza, com as coisas que as façam felizes, pois só assim elas poderão fazer muitas abelhas felizes que continuarão a colher o seu mel!
Que historinha linda, um ciclo de sobrevivência!!!
O amor existe, ele é um sentimento, que está dentro de uma pessoa e que necessita de cuidados. Muitos casais tratam o amor como se fosse um objeto de valor, que fica guardado em um cofre a sete chaves, e que só é visto, quando chega visita em casa. Para que vejam que está tudo bem, que o casal está vivendo mil maravilhas, mas na verdade não está!
É hora de fazer acertos, de viver tudo que Deus planejou para seu casamento, viver a plenitude no Espírito Santo. E mulheres, sejam sábias, abençoem os seus maridos, ajudem para que eles sejam homens fortes, pudentes e de grande valor. Glorifiquem a Deus a cada manhã, pelo marido que ele colocou ao seu lado, jamais o amaldiçoe, palavras tem poder, e na sua boca está o poder de abençoar, não deixe de fazer o seu marido um homem realizado e realmente feliz, isto é bíblico. "Abre a sua boca com sabedoria, e a lei da beneficência está na sua língua" (Provérbios 31:26).
Quando as mulheres agem de forma sábia as coisas realmente mudam, porque nós mulheres podemos orar, abençoar a nossa família para que tudo seja diferente. A mulher de Provérbios 31 era realmente sábia, não comia o pão da preguiça e ajudava o seu marido. "A mulher virtuosa é a coroa do seu marido...” (Provérbios 12:4). Quando a esposa é sabia, seu marido jamais cairá em ciladas, pois ela está sempre ao lado vigilante e ajudadora.
Maridos olhem com olhos de amor para a princesa que Deus colocou em tua vida, uma mulher que quando você chega em casa, encontra sua casa limpa, comida pronta e seus filhos bem seguros, limpinhos e bem cuidados. Com o tempo muitos maridos acabam achando que é pura obrigação da mulher fazer tudo isso, mas como seria lindo se você elogiasse, e agradecesse a Deus todos os dias por esta mulher. Se a sua esposa não sabe cozinhar, lavar, glorifique a Deus da mesma forma, pois você sabia disto tudo quando casou com ela.
Quando você acordar, antes que sua esposa acorde faça o que ela sempre faz por você, ore por ela! E aproveite, admire a bela mulher que tem ao seu lado.
Conjugues, ensinem a seus filhos a serem bons conjugues futuramente, jamais fale  de forma egoísta do seu marido ou mulher na frente dos seus filhos, mas ensinem eles a amar e resolver todas as coisas diante de Deus. Para que desde pequenos eles saibam que um casamentos firmado na rocha é aquele que está firmado em Jesus!
Não perca mais um minuto brigando, chorando de tristeza e amaldiçoando o seu parceiro, comece a glorificar, e agradecer a Deus por todas as transformações que ele fará em sua família, para que sua casa seja sempre uma casa de bênçãos, de geração a geração!!!

Aproveite e dê uma olhadinha em um artigo postado aqui antes, “37 Coisas que se Deve Dizer ao Cônjuge”, e aprenda a dizer coisas simples, mas bonita, para quem você ama... E só mais uma dica, retire o amor do cofre, e comece a usá-lo ele vai ficar muito bem em você!!!

 

Autora: Manuela Evelyn (Equipe Romance em Deus)

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Nosso Canal