• Acesse Nosso Canal

    Confira os nossos vídeos em nosso canal do Youtube.

AddThis Social Bookmark Button
Romance em Deus
30November Aprendendo a dizer não

Aprendendo a dizer nãoEla era alguém normal como todo mundo, acordava, comia, dormia, trabalhava. Mas ela tinha algo muito diferente, e ela sentia que era mais forte do que ela. Ela não conseguia dizer não, todo mundo que chegava até ela pedindo um favor ou com algum problema, ela tentava ajudar mesmo que não fosse solicitada. Ela acreditava fielmente que o ministério de todos era ajudar e ajudar sempre.

Um certo dia ela acordou e notou que nascerá algo diferente nas suas costas, era tipo uma sacola, e esta sacola tinha o nome de alguém. Ela levantou assim mesmo, mas se sentindo um pouco cansada e lá foi ela tentar salvar o dia. No dia seguinte ela acordou com mais um daquelas sacolas nas costas, sabe aqueles sacos que “O Peregrino” carregava nas costas no filme? Então, eram aquelas, eram fardos!

 
18November “A oração não muda o coração de Deus, mas muda o nosso coração”

OrarEsta frase eu escutei numa ministração da Fabiola Melo. Sabe aquela coisa que você escuta e na mesma hora você sente seu entendimento mudando a sua visão sendo aberta? Foi esta frase!

Quando eu escutei ela dizer: - “A oração não muda o coração de Deus, mas muda o nosso coração”. Eu compreendi que é por isto que temos tanta dificuldade em orar, em chegar a presença do Pai, temos medo da mudança em nós mesmos! A maioria das vezes que chegamos até Deus já sabemos o que vamos pedir, e estamos certos que iremos convencer Deus de fazer o que nós queremos. – Conseguirei inclinar o coração de Deus para a minha súplica! Só que... a gente não sabe que a oração não é para isto.

 
11November Faltou você no almoço de domingo!

Faltou vocêSabe aquele almoço de domingo na casa dos pais? A família toda sentada à mesa, a mamãe terminando de preparar a macarronada, o papai sentado à mesa conversando com os filhos e com os netos no colo?
Lá em casa, nós aprendemos a fazer as refeições à mesa sempre que todos estávamos em casa as refeições eram assim. No domingo o almoço era macarronada e frango assado, o frango assado da minha mãe é o melhor do mundo.

Aí a gente sentava a mesa, orávamos e almoçávamos, o meu pai já sabia que a asinha do frango era minha, então ele sempre ria e dizia que eu adorava comer ossinhos da galinha. Quando eu fui fazer faculdade e ele mandava minha comida, eu abria a marmita e lá estavam as minhas asinhas. Eu ficava muito feliz, pois os meus pais já sabiam o que eu gostava de comer.

 
Anterior12345678910Próximo

Vídeo em Destaque

Enquete

Quais assuntos você gostaria de ver mais em nosso canal no Youtube?